Pesquisadores mandam robôs para baixo do gelo na Antártida

Um equipe de cientistas, financiados pela National Science Foundation, dos Estados Unidos, utilizou dois robôs 1KA Seagliders iRobot em uma missão de dois meses para coletar informações e dados sob o gelo da Plataforma de Ross, na Antártida.

O robôs funcionam com um sistema de controle de empuxo que utiliza um sistema de fluxo de óleo para controlar sua densidade e, portanto, sua flutuabilidade. As máquinas possuem autonomia de 10 meses debaixo da água e podem mergulhar a profundidades de até 1000 metros.

Os robôs coletaram informações como teperatura, salinidade e quantidade de fitoplâncton, comunicando-se com os pesquisadores por meio de GPS. Este mesmo tipo de robô foi utilizado no Golfo do México, no ano passado, para monitorar a mancha de óleo proveniente do acidente com a plataforma de petróleo da British Petroleum.

Pesquisadores preparando o lançamento do 1KA Seaglider. Crédito: Vernon Asper.

Fonte: Technology Review.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s